13 maio 2016

Falando de desapego.

Hello, peoples! 
Antes, bem antes mesmo, sonhava muito, com aquele príncipe encantado, ter um emprego, ter filhos e ah, viver feliz para sempre.
Mas não, hoje não é bem assim. 
Eu tive amores, fui apaixonada e como, até o inicio desse ano sofria  por amor, porém "Vamos parar de ser trouxa, né Carola?"
Não dava mais essa história toda de ficar na bad, sofrer por macho
Certo dia, conversando com uma amiga ela me falou algo que nunca irei esquecer "Não se case cedo, você ainda vai querer beijar outras bocas."
Bem, foi o melhor conselho, não serve apenas para quando for casar e sim, à questão do "ter namorado".
É bom namorar e tal, mas depende, odeio ser "mandada". Quando já vem com aquela lenga lenga toda "Não corte seu cabelo curto" "Não use roupas curtas" "Vai para um sitio, usa short" "Não vai poder sair com suas amigas, se eu não for".
Enfim, governada só pelos meus pais ou alguém quando me diz para não fazer aquilo já que é realmente errado.
Mas falando de desapego, volta para o conselho que recebi sobre casar!
Essa história de se apegar é um porre. Por objetos, tudo bem, aliás, são minhas coisas. Antes de se apegar às pessoas, é melhor avaliar e construir primeiro, à amizade
Hoje sou apegada algumas pessoas que não consigo mais viver sem elas por perto, mas construímos um laço.
Daí, entra, aquele questionamento...
"E apego com paqueras?" 
Sempre fui daquelas muuuuuuuuito profunda que logo com o primeiro beijo "Aaaaah, amiga! Ele é tão maravilhoso." e puta merda, sinto nojo desse tempo que era assim.
Porém, esse ano anda sendo diferente e obrigada 16 anos, você está sendo maravilhoso!
Não penso em relacionamento sério tão cedo, por enquanto não. É adorável sair com às amigas em uma noite, conversar baboseiras, beber um pouco, saber que meus pais me dão confiança e é recíproco, curtir à vida sem ficar preocupada com "o que ele vai está pensando de mim?"
E bem, sobre aquele conselho, realmente, é bom saber o gosto de outras bocas. Certo, que temos aquela pessoa que gostamos, maaaaas, se ela não quer? Ficar correndo atrás? Não mais, queridos!
Essa história de se apegar não rola, só se for realmente sentimento profundo, enquanto isso, não.
Me apego, por mim, todos os dias.
Amor próprio é tudo!

-Carol Barbosa, Doce Carola.




4 comentários:

© DOCE CAROLA - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: ANNA CAROLINA. Desenvolvido por ISRAELY LIMA.
Tecnologia do Blogger.
TOP
NAS REDES SOCIAIS...